O que é BPM e como ele pode ser aplicado na empresa?

O que é BPM e como ele pode ser aplicado na empresa?

bpm-post
Business Process Management

 

 

Uma empresa só consegue ter sucesso quando os processos são bem gerenciados, mas como medir cada atividade sem equívocos e de forma clara?

É impossível conseguir mensurar os resultados se o gestor não tem conhecimento dos processos e também dos impactos que as atividades de cada funcionário causa na operação.

Da mesma forma, é impossível implementar melhorias se o empresário desconhece como funciona as etapas de cada processo, por isso, conhecer e aplicar o BPM na operação é tão importante, pois ele ajuda a mapear e estabelecer um fluxo de trabalho lógico, além de identificar gargalos que possam prejudicar as metas da empresa.

Em sua grande maioria os problemas de gestão das empresas estão, quase sempre, diretamente ligados a erros que o gestor não consegue identificar a olho nu, mas com a aplicação do conceito BPM é possível enxergar cada detalhe da operação de maneira mais clara.

Esta é a primeira parte de um artigo que falará sobre o conceito BPM, BPMN e Metodologias, o que é, para que serve, benefícios e como pode ser aplicado para melhorar os processos empresariais.

 

O que é BPM?

A tradução do termo Business Process Management (BPM) quer dizer Gerenciamento de Processos de Negócio. Portanto, podemos dizer que a adoção desse conceito na rotina administrativa é essencial para o desenvolvimento e gerenciamento das áreas e funções presentes dentro da empresa.

De uma forma mais clara, imagine a sua empresa como um relógio no qual é possível enxergar cada engrenagem funcionando perfeitamente e entender a função de cada uma delas, imaginou? Esse é o objetivo do BPM, ele reconhece os processos e consegue medi-los para apontar melhorias.

Simplificando, trata-se de um conjunto de boas práticas que, quando aplicadas em processos bem desenhados tem o poder de mapeá-los para estabelecer um fluxo lógico de trabalho, identificar problemas que possam surgir na rotina empresarial e melhorar a produtividade das organizações de forma mais eficiente.

 

Para que serve o BPM?

É uma ferramenta que tem o objetivo de auxiliar na melhoria continua dos processos internos da empresa, por meio de uma rotina de monitoramento, mapeamento e controle na qual é possível analisar o fluxo dos processos para identificar melhorias e ações preventivas.

 

Como se aplica o BPM a uma rotina empresarial?

É importante dizer que o BPM não é uma receita de bolo, ou seja, não basta apenas implementá-lo na empresa para que tudo funcione bem. O conceito pode acabar se tornando um problema se aplicado a processos que foram desenhados erroneamente, por isso, a empresa precisa ter noções básicas do fluxo de trabalho dos funcionários.

A aplicação do BPM se dá por meio de um software de gestão que gerencia todas as atividades, mostrando as ações que foram realizadas pelo BPM, dando completa visão de todas as etapas dos processos e facilitando a administração dos negócios.

Ao ser aplicada, a tecnologia BPM gera benefícios indispensáveis para a empresa, como por exemplo:

 

  • Aumento da produtividade: processos manuais que exigem estudo e tempo podem ser feitos mais rapidamente de forma automática, pois o BPM consegue identificar melhorias e aplica-las deixando o fluxo de trabalho mais redondinho.

 

  • Redução de erros: o gestor consegue agilizar a tomada de decisão, pois o BPM consegue identificar a origem dos erros, antes que eles prejudiquem os resultados da operação.

 

  • Controle administrativos: mais controle administrativo e operacional, o gestor consegue entender atividades de funcionário e realizar mudanças de acordo com a necessidade dos processos e do fluxo da operação.

 

  • Redução de custos: ao mapear os processos, na prática, o BPM gera mais eficiência para os processos, eliminando erros e automaticamente reduzindo custos operacionais.

 

  • Padronização de processos e atividades: facilita o desenvolvimento da rotina de trabalho, pois permite acompanhamento de todas as ações, evitando falhas que prejudiquem a organização.

 

Conclusão

A otimização de processos deve ser o objetivo do gestor sempre, pois apostando em ferramentas que apontem melhorias, os funcionários conseguem trabalhar com mais eficiência para o desenvolvimento da operação.

A solução BPM é uma dessas ferramentas de melhoria continua, pois, além de posicionar o gestor quanto as atividades de cada funcionário, ainda consegue medir de forma eficaz os processos a fim de apontar medidas necessárias para que os negócios se tornem cada vez mais escalável e lucrativo.

Há uma variedade enorme de empresas que vendem softwares no mercado com ferramentas que buscam melhorar a gestão através de estratégias de mapeamento, consulte as possibilidades e veja como é fácil modelar e reestruturar os processos da sua empresa.

Esse artigo teve o objetivo de explicar como o BPM funciona e a partir disso se você se interessou pode verificar as opções que atendem melhor as necessidades do seu negócio, você vai ver que é possível modelar processos de forma simples, sem precisar ser um expert em TI.

 

Se você se interessou pelo assunto, não perca nosso próximo artigo falando sobre BPMN. ;)

 

e-Book: A IMPORTÂNCIA DE PLANEJAR E GERIR O FLUXO DE PEDIDO DE VENDA NO E-COMMERCE

O fluxo do pedido de venda é um dos assuntos mais abordados ao longo dos anos por ser estratégico para as empresas, afinal de contas esse fluxo influencia diretamente na qualidade do atendimento, entrega dentro ou fora do prazo, velocidade da operação, poder de escala (crescimento), assertividade da entrega e é um dos principais responsáveis por aumentar ou diminuir a lucratividade de acordo com sua eficiência.
Nesse e-book mostraremos como os fluxos de pedidos de venda são controlados através de sistemas ERP e que se vê com certa frequência, é que apesar das lojas se preocuparem com esse fluxo há muitas exceções nas operações e por isso é fundamental que esses fluxos sejam os mais dinâmicos possíveis.

Baixar agora!

Deixar uma resposta

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>