A INTERNET DAS COISAS PODE AJUDAR NA GESTÃO EMPRESARIAL?

iot-corpo

Cada vez mais popular a Internet das Coisas está revolucionando o mercado tecnológico, porque não só muda o jeito como vivemos durante todos esses anos, mas também, a forma como trabalhamos.

 

DEFINIÇÃO

A Internet das Coisas deriva do termo em inglês Internet of Things, que consiste em que maquinas industriais e diversos outros dispositivos portáteis façam uso de sensores conectados à internet, ou seja, trata-se de um processo de expansão da conectividade.

É uma revolução tecnológica na qual aparelhos eletrônicos são conectados à internet por meio de sensores Wireless, liberando o acesso remoto a esses aparelhos.

 

USABILIDADE DA INTERNET DAS COISAS

A internet das Coisas é uma realidade presente em qualquer ação do dia a dia, seja ela pessoal ou profissional. Para entender como ela se aplica e os seus benefícios, veja abaixo uma lista das utilidades pelos mais diversos ramos e situações:

HOSPITAIS E CLINICAS

Já é possível enviar dados coletados de pacientes por dispositivos conectados à internet diretamente para a nuvem. As informações do prontuário também são armazenadas na nuvem, a fim de facilitar o acesso aos dados do paciente no caso de uma urgência médica, retorno ou solicitação de apoio clínico.

 

AGRONEGÓCIO

Profissionais do ramo de agronegócio utilizam a internet das coisas para conseguir controlar o gado, por exemplo. Através de um chip colocado no animal é possível acessar informações clinicas e rastrear o animal quando necessário.
No plantio os sensores espalhados pelas plantações e cultivos podem dar informações sobre temperatura, umidade do solo, probabilidade de chuva, velocidade do vento e outras informações essenciais para acompanhar o bom desempenho do plantio até a colheita.

 

FÁBRICAS

Neste cenário a internet das coisas ajuda a medir em tempo real a produtividade das máquinas e indicar quais os setores da fábrica estão com carência de equipamentos, precisando de manutenção ou passando por avaria técnica. Todos esses indicadores coletados automaticamente ajudam na tomada de decisão para melhorias e produtividade das fábricas.

 

SUPERMERCADOS

Em tempo real é possível identificar qual mercadoria está faltando na gôndola, qual produto teve menor saída, alterar os preços automaticamente nos mais diversos canais e pontos de venda dentro dos supermercados e tudo através de prateleiras inteligentes ou dispositivo conectado à internet.

 

TRANSPORTE PÚBLICO

Através aparelhos espalhados nos terminais de ônibus, estações de trem/ metrô é possível saber qual a localização do transporte. Através da automatização também é possível que as empresas de transportes públicos descubram se os veículos estão cumprindo os horários ou se apresentam alguma falha mecânica, por exemplo.

 

LOGÍSTICA

Empresas que lidam com mercadorias sensíveis ao clima ou que podem impactar financeiramente a empresa em caso de atrasos utilizam a internet das coisas instalando sensores em caminhões, contêineres e caixas individuais para acompanhar as condições das mercadorias.

 

SERVIÇOS PÚBLICOS

Sensores são instalados em lixeiras para ajudar a prefeitura a otimizar a coleta de lixo.

 

CARROS INTELIGENTES

A internet das coisas propicia melhorar e entender os fluxos de trafego, além de entender e reduzir consideravelmente o consumo de combustível optando por caminhos mais curtos e com menos transito. É possível, ainda, saber situações dos pneus e dos freios através de diagnóstico feito mediante a conexão de aparelhos com a internet das coisas.

 

REDES ELETRICAS INTELIGENTES

Melhoria na conexão dos recursos renováveis e na confiabilidade das informações que são fornecidas pelo sistema de carga com base em incrementos de carga com base em incrementos de uso menores e muito mais sustentáveis, corrigindo rapidamente irregularidades na utilização dos recursos elétricos.

 

SENSORES DE MONITORAMENTO DE MÁQUINAS

Por meio de sensores é possível identificar problemas de manutenções pendentes e até priorizar horários da equipe de manutenção para reparos urgentes e até mesmo realizar manutenções preventivas.

 

SISTEMAS ORIENTADOS A DADOS

Os aplicativos são utilizados para realizar atividades que geram receitas para os municípios e outros sistemas deixando a administração pública mais eficiente e as cidades com infraestrutura mais inteligente.

Por exemplo: Controle de tráfego, mediante informações dos aplicativos é possível verificar trajetos mais rápidos e com menos trânsito.

 

CONCLUSÃO

Em vista dos exemplos apresentados, é certo que a Internet das Coisas facilita automatização das empresas e, por isso, garante uma gestão mais assertiva, reduzindo, otimizando e economizando recursos naturais e energéticos.

Os sistemas ERP pensados para a Omniera estão preparados para realizar a conexão com diversos sensores e dispositivos para facilitar as tarefas diárias das empresas graças ao poder da internet das coisas.

 

Autor: Samuel Gonsales

e-Book: VENCENDO A CRISE ATRAVÉS DE ESTRATÉGIAS DE MULTICANALIDADE E OMNICHANNEL

O atual cenário de crises nos mais diversos setores da economia brasileira impõe que as empresas se concentrem em estratégias que possam ajudá-las a vencer a crise e manter-se em crescimento. Nesse sentido, há uma excelente opção nas estratégias de multicanalidade e omnichannel que podem mudar os rumos do negócio, transformar as empresas e garantir que vençam a crise.

Esse e-book tem o objetivo de guiar empresas, empreendedores e colaboradores na missão de aprofundar seus conhecimentos nos Conceitos da Omniera.

Baixar agora!