fbpx

ERP: A influência na indústria 4.0

iot-01

Introdução

Considerada por muitos como a quarta revolução industrial a Indústria 4.0 é um conceito novo no setor têxtil, e está tomando conta do mercado, pois apresenta uma nova forma de produzir com auxílio de tecnologias que se integram, promovendo, por meio da internet das coisas, comunicação dos objetos com a fábrica.

 

É um novo mundo dominado pela conectividade, no qual é possível acessar informações de forma instantânea através de objetos e sensores. Pensando nisso, as empresas estão se adaptando para conseguir acompanhar a demanda e as exigências dos consumidores, que estão cada dia mais imediatistas por conta das facilidades proporcionadas pela evolução das tecnologias.

 

Parte importante dessa adaptação é deixar de lado os sistemas de gestão tradicionais ou legados, pois são inflexíveis, engessados e não acompanham as mudanças dinâmicas e rápidas dos negócios.

 

O ERP NA INDUSTRIA 4.0

O ERP pensado para a Omniera é adequado para facilitar a visualização de dados importantes, confrontar os resultados alcançados com o que foi planejado a fim de aferir se a empresa está no rumo certo, além de diminuir o retrabalho, aumentar a produtividade e a confiabilidade dos dados, centralizar informações e gerenciar todos os processos em tempo real de forma ágil e dinâmica.

Eles apresentam uma série de benefícios para as organizações, como:

  • Integração sistêmica;
  • Segurança;
  • Otimização;
  • Gestão mais assertiva;
  • Redução de custos;
  • Flexibilidade.

No contexto da Indústria 4.0 o ERP idealizado para Omniera tem papel indispensável, pois com ele é possível medir em tempo real a produtividade, entender quais setores estão carentes de matéria prima ou precisando de reposição. Todos esses dados coletados automaticamente ajudam na tomada de decisão para melhoria na produtividade das empresas.

Uma das características da Indústria 4.0 é a grande quantidade de tecnologias que se integram fazendo a comunicação com a fábrica, garantindo a real eficiência da produção. Essas tecnologias integradas ao ERP funcionam em processos como:

  • RFID: sistema utilizado na comunicação entre processos produtivos e rastreamento de produtos. Essa tecnologia é aplicada nas peças de roupas através de microchips e permite o controle e rastreamento de todos os produtos desde a confecção até as lojas. 
  • Impressora 3D: integrada ao sistema de gestão permite a personalização dos produtos de forma mais ágil, otimizando tempo na produção. 
  • Big Data: Esse conjunto de dados armazenados permite acesso as informações e o ERP promove o uso dessas informações para analise com objetivo de tomar decisões mais estratégicas para os negócios. 
  • Nuvem: é possível acessar as informações que estão na nuvem de qualquer lugar e quando quiser.

Essas são algumas das principais tecnologias que integradas ao ERP vão garantir o aumento da produção, redução dos custos, redução de erros, etc.

Conclusão

Dessa forma, concluímos que a Indústria 4.0 é um conceito cada vez mais próximo da realidade, que vai exigir adaptações tanto dos sistemas de gestão quanto das fabricas, mas vai contribuir historicamente para a mudança da gestão empresarial.

Fique de olho nas possibilidades que a Indústria 4.0 oferece para os negócios e se mantenha atualizado quanto as arquiteturas dos ERP’s.

Autor: Samuel Gonsales.

e-Books e-Millennium: Vários temas que vão fazer a diferença na sua operação.

Melhores práticas de varejo na área de compras, gestão e fluxo de pedido, formação do preço de venda, partilha do ICMS (DIFAL), rentabilidade e Omnichannel.

Baixar agora!