fbpx

A importância de automatizar a confecção

confeccao-post

 

A automatização dos processos torna a confecção mais competitiva, porque permite que a matéria prima seja melhor aproveitada para que não haja descontrole no volume de produção que acabe acarretando em desperdício de material, ou até mesmo de mão de obra empregada na produção.

A consolidação de uma confecção depende muito de como o empresário administra os processos internos. Por mais simples que sejam, quando os processos não são padronizados eles tendem a apresentar algumas ineficiências que com a automatização fica mais fácil de evitar.

Com a automatização de processos os resultados das confecções tendem a ser mais satisfatório, pois geram para a empresa mais segurança, autonomia e escalabilidade para atuar no mercado. Porém, devido à alta competitividade cada vez mais é exigido que as confecções ofereçam produtos de alta qualidade e com valores acessíveis, além de ofertar produtos inovadores, pois isso garante a ampliação dos lucros.

Neste artigo vamos discorrer sobre os reais motivos pelos quais as confecções devem aderir a automação de processos, para continuar crescendo dentro do nicho estabelecido de mercado e também mostraremos as vantagens que automatização proporciona para as empresas do ramo têxtil e da confecção.

 

A automatização é o Futuro da Confecção

Até algumas décadas atrás não era possível imaginar uma confecção com integração sistêmica ou conectada a sensores que comandam as ações e se comunicam diretamente com a fábrica, mas como tudo evolui essa transformação chegou até a indústria têxtil apresentando uma nova forma de produzir orientada por sistemas de gestão.

Há uma infinidade de softwares que ajudam no gerenciamento de toda cadeia de produção dentro da confecção, fornecendo controle total de todas as atividades realizadas pelos funcionários. Dessa forma, o gestor consegue controlar ações e tomar decisões mais assertivas para os negócios.

Várias empresas já automatizaram seus processos e estão se permitindo conhecer os benefícios que a tecnologia pode proporcionar e um bom exemplo disso é a fábrica modelo de confecção 4.0, que foi desenvolvida pelo SENAI CETIQT e promete permitir que o cliente crie sua peça de roupa em menos de 1 hora com auxílio de sensores inteligentes, garantindo que o único momento em que haja interferência humana seja na parte da costura.

Esse investimento do SENAI mostra que a automatização dos processos na indústria têxtil e da confecção é uma realidade e que esse conceito promete influenciar as produções em massa.

Empresas como Adidas e a grife paulista de jeanswear Rock Blue são exemplos de empresas que automatizaram os processos buscando a melhoria dos serviços e também uma maior qualidade de seus produtos.

Conceitos de fábricas e lojas do futuro – que são controladas por sistemas de gestão ou integradas a outras tecnologias – estão surgindo em todo o mundo e prometem revolucionar a forma de produzir de diversas empresas.

 

Vantagens da Automatização

A automatização tem sido apontada por todos os especialistas dos setores de vestuário, moda, confecção e varejo como tendência para modernizar os processos, resistir as mudanças imposta por ela deixará a empresa obsoleta.

Veja as principais vantagens da automatização:

  • Evita erros;
  • Impede desperdícios;
  • Separa Produtos;
  • Deixa os Processos mais flexíveis;
  • Proporciona Autonomia;
  • Aumenta a Produtividade;
  • Reduz os Custos Operacionais;
  • Melhora o Posicionamento Frente aos Consumidores;
  • Garante a Segurança das Informações.

Quando falamos em automação é muito comum as empresas imaginarem que vão gastar demais, ou que precisam investir um absurdo de capital. De fato, é um investimento e como tal impõe um certo gasto pela organização, mas não há necessidade de aplicar valores absurdos na automatização de toda a confecção.

Todo esse processo deve ser feito com cautela, sempre observando os cenários e a tomada de decisão tem que ser baseada em um estudo real de mercado, pois esse estudo mostrará todas as possibilidades de automação para que o empresário possa identificar a melhor aplicabilidade dentro do negócio.

Hoje o mercado oferta uma vasta diversidade de sistemas de gestão, mas é indispensável que a empresa opte por um sistema pensado para a Omniera, pois eles podem integrar com outros softwares facilmente, além de serem totalmente flexíveis e adaptáveis as necessidades do gestor da organização.

 

Conclusão

A automatização de processos está mudando completamente a forma como centenas de empresas conduzem os negócios, pois ela facilita a execução de processos complexos, aumenta o nível de serviço, proporciona melhoria na qualidade dos produtos e reduz consideravelmente os custos pois evita erros dentro da operação.

Por todos esses aspectos automatizar é inevitável para saúde financeira da confecção, pois além de mantê-la competitiva no mercado vai elevar a qualidade da produção e garantir posicionamento estratégico com os consumidores.

A automatização se aplica a todos os setores, mas é indispensável escolher bem a maneira de fazer essa transição, pois a escolha de qualquer sistema pode prejudicar os reais interesses da empresa.

Lembre-se: pesquise muito e conheça todas as opções disponíveis no mercado, pois nem todas elas atendem as necessidades da empresa e podem acabar sendo um desperdício de tempo e dinheiro. ;)

Autor: Joyce Alcântara.

 

e-Book: COMO CONTRATAR O SISTEMA ERP IDEAL PARA O SEU NEGÓCIO

Os sistemas ERP – Enterprise Resource Planning – são considerados os sistemas ideais para o planejamento, gestão e controle dos negócios. Esse e-book tratará de contar as evoluções dos modelos de gestão e consequente evolução dos sistemas ERP, abordando, especificamente sete tipos diferentes de sistemas ERP, como eles se comportam, o que se pode esperar de cada tipo e as evoluções inerentes a cada um deles.
Esse e-book abordará as questões imprescindíveis para a seleção e adoção de um sistema ERP de acordo com o modelo de negócio mais adequado para cada empresa.

Baixar agora!

Deixar uma resposta

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>