fbpx

7 Modalidades de entregas rápidas que estão revolucionando a logística

 

 

 

Não é de hoje que a logística é um enorme desafio para empresas aqui no Brasil, não somente pela estrutura precária das vias, mas também pelos roubos de cargas, custos altos de transportadoras e tributos absurdos.

É tentando superar esses problemas que o setor vem se reinventando e buscando novas alternativas que sejam viáveis financeiramente para a empresa e que entregue para o consumidor segurança, comodidade e agilidade.

Apresentaremos nesse artigo sete modalidades de entrega rápidas que estão revolucionando a logística brasileira e trazendo para as empresas novas alternativas às caras transportadoras e aos serviços instáveis dos correios. Quer conhecer cada uma delas? Então, vem comigo!

 

Modalidades de entregas rápidas

As modalidades mais comuns ou tradicionais são o uso dos correios e das transportadoras, mas estrategicamente essas formas não atendem as expectativas do novo consumidor que não quer mais esperar pela disponibilidade dos correios e muito menos arcar com fretes absurdos por um serviço de transportadora.

Nesse sentido, se a empresa deseja contornar essa situação é preciso apostar em alternativas que respondam o imediatismo desse consumidor e que sejam econômicas para a organização.

 

Selecionamos algumas modalidades de entregas que estão ganhando cada vez mais espaço na logística nacional, confira:

 

 

  • Same day delivery

Podemos traduzir same day delivery como entrega no mesmo dia, sendo assim, esse modal obrigatoriamente precisa respeitar o prazo de entrega do produto no mesmo dia que ele foi solicitado pelo consumidor. Sua principal característica é agilidade e, apesar de ter um custo um pouco mais elevado, o cliente que opta por esse tipo de entrega está disposto a pagar pela comodidade que a rapidez desse modelo proporciona.

 

  • Click & Collect / Pick up in store

A principal característica dessa modalidade é economia de custos e agilidade. O modelo se tornou bastante comum, justamente por proporcionar que o cliente retire o produto na loja mais próxima sem precisar arcar com o valor do frete que muitas vezes é motivador da desistência de compra.

 

  • Entrega expressa

Bastante confundida com a Same day delivery, a diferença principal é que, enquanto nesse modelo a entrega se dá obrigatoriamente no mesmo dia, na entrega expressa o pedido deve ser entregue até o dia seguinte da compra.

 

  • Next Day

Como o próprio nome diz a entrega é feita somente no dia seguinte da confirmação do pagamento, é um modelo interessante para quem tem pressa, mas não terá como receber a encomenda no mesmo dia.

 

  • Drones

A empresa Amazon é a grande pioneira nesse assunto, no entanto aqui no Brasil essa modalidade ainda é uma novidade pouco explorada. Empresas como SMX Systems e a inovadora iFood testaram entregas recentemente, a primeira de medicamentos e a segunda fazendo entregas de comida nos bloquinhos de carnaval na cidade de São Paulo.

 

  • Lockers

Trata-se de um modelo no qual o pedido do consumidor é deixado em um armário (locker) que pode estar localizado em postos estratégicos da cidade ou dentro da própria loja. Essa forma de entrega tem se mostrado excelente para o lojista por evitar custos com as transportadoras e para o cliente pela praticidade.

 

  • Bikes

Para tentar driblar o tempo gasto no trânsito, custos com transportes particulares e ser uma alternativa mais sustentável para o meio ambiente as empresas começaram a olhar para as bikes como uma nova alternativa aos modelos logísticos.

 

 

O que as empresas estão fazendo?

Incrível todas essas modalidades e estratégias diferentes que as empresas têm usado para otimizar a logística e melhorar os custos com frete e transportadoras. Agora, vamos ver na prática as lojas que já adotaram esses modelos logísticos dentro do mercado digital, confira:

 

  • Riachuelo

A empresa disponibilizou em sua unidade da Paulista em São Paulo, a opção de retirada do produto por meio de lockers, no qual o consumidor recebe um QRCode no e-mail e por meio do smartphone escaneia o código para desbloquear a porta do armário e retirar a encomenda.

 

  • Amaro

Lançada inicialmente para clientes de alguns pontos da capital paulista, a opção de Bike Delivery foi disponibilizada graças a uma parceria da Amaro com a Startup de entregas Courrieros.

 

  • Via Varejo

Empresa detentora das Casas Bahia e Ponto Frio lançou no comércio brasileiro a opção de retirada em lockers inspirado no modelo da Amazon que estourou nos Estados Unidos fazendo com que a empresa precisasse espalhar mais de 3 mil armários pelo país. A estratégia usada pela empresa brasileira foi alocar os armários em postos de combustíveis com funcionamento 24 horas.

 

  • C&A

Uma das maiores varejistas do país aposta na estratégia de Click & Collect para atrair o consumidor para a loja física, estimulando a compra sem frete, mas com a comodidade de poder provar e trocar a mercadoria no ato da retirada se necessário, além disso, o consumidor ainda pode escolher entre as modalidades de entrega expressa, rápida, agendada e frete grátis.

 

  • Uber Eats

Umas das empresas que mais apostam em bikeboys, justamente pela agilidade nas entregas, mas também por defender a ideia de um meio ambiente mais sustentável, ou seja, “eco-friendly” (termo utilizado para definir ação amigável ao meio ambiente)

 

  • Rappi

Startup de entrega em minutos, qualquer pedido pode ser feito que a empresa promete entregar em menos de 1 hora. A modalidade de entrega da Rappi é bikeboys.

 

Diversas outras empresas do comércio eletrônico já disponibilizam as modalidades de same day delivery, pick up store e entrega expressa em suas lojas virtuais, mas é imprescindível fechar parceiros logísticos comprometidos e especialistas nas modalidades para que o cliente não sofra com descumprimento de prazos.

 

Conclusão

Esses modelos de entregas rápidas agregam um papel transformador nas operações logísticas e, é uma maneira de proporcionar excelentes experiências para o consumidor, mas tenha cuidado e estude qual posicionamento estratégico é mais assertivo para ao seu tipo de negócio.

Achou esse conteúdo interessante? Comenta lá na nossa página do Facebook e compartilhe com seus amigos! Até a próxima! ;)

Autora: Joyce Alcântara.

 

Baixe aqui

E-book: Cross Docking e Dropshipping - Otimize sua logística