fbpx

Dia do consumidor: quais as oportunidades que a data oferece para sua loja?

 

 

Dia do consumidor
Dia do consumidor

 

Ao que tudo indica o Dia do Consumidor está deixando de ser uma data tímida no calendário dos compradores e está caminhando para se tornar uma data sazonal forte em intenção de compra.
Podemos chegar a tal conclusão a partir dos números apresentados pela pesquisa de intenção de compra Dia do Consumidor desenvolvida pela Social Miner em parceria com a Opinion Box, que aponta uma popularidade da data de 46,9% em 2019 para 64,1% em 2020.
Condição animadora para o varejista que já está acostumado a se preparar para grandes datas que aquecem todos os anos o varejo.
Porém, o dia do consumidor não é apenas mais uma data para lançar promoções, é preciso definir uma estratégia mais abrangente, afinal de contas é o dia do cara que movimenta o setor. Então, por que não criar abordagens diferentes que encantem e conquistem o consumidor e, consequentemente, venha a atrair novas oportunidades?
Esse artigo tem o objetivo de ajudá-lo a identificar atitudes estratégicas que criem mais oportunidades de negócios para a sua loja, por isso, se você quer se apropriar da data, ganhar visibilidade e lucrar muito mais, não perca nossas dicas. ;)

 

Como surgiu o dia do consumidor e quando é comemorado?

Entre muitas dúvidas que envolvem a data, o surgimento dela e quando ela é comemorada são de longe as mais questionadas.

A data é comemorada todo o dia 15 de março desde 1983, quando foi celebrada pela primeira vez nos Estados Unidos, mas acredita-se que a primeira pessoa a vislumbrar esse cenário foi o Presidente norte-americano John F. Kennedy por volta do ano 1962, ao falar em um discurso motivador sobre os direitos do consumidor.

 

“Todo consumidor tem direito, essencialmente, à segurança, à informação, à escolha e de ser ouvido.” (John F. Kennedy)

 

O discurso gerou uma comoção em diversos países e resultou em estudos sobre o tema, fazendo daquele momento um marco na história dos direitos dos consumidores. Nos anos seguintes o impacto do discurso continuou refletindo por diversos debates, até que 15 de maio de 1983 foi finalmente oficializado o dia do consumidor pela Organização das Nações Unidas (ONU).

No Brasil a data começou a ganhar visibilidade em 2014 e, com mais alguns dias no calendário, o varejo nacional celebra a semana do consumidor a fim de aproveitar o hiato entre o Natal e o Dia das Mães para manter o aquecimento das vendas.

Nesse sentido, a tendência é que a data se torne sim uma das mais lucrativas para o varejo dentro dos próximos anos.

 

O que o consumidor espera da data?

O consumidor espera promoções, mas não apenas isso. A data é sim promocional, mas não é apenas o que o consumidor espera que sua loja faça por ele.

Se pensarmos no contexto em que a data surgiu, que é defender os direitos do consumidor, conseguiremos enxergar um horizonte de oportunidades.

Partindo do princípio de que o consumidor tem direito a:

  • atendimento atencioso;
  • propagandas honestas;
  • produtos entregue dentro do prazo;
  • trocas e devoluções;
  • estornos de compras em caso de cancelamento, arrependimento e cobrança indevida.

 

O que sua loja pode oferecer além das previsíveis promoções?

De acordo com o Google, o consumidor tem expectativas que o varejo ofereça diversas outras condições além do desconto no produto.

Confira algumas ações relevantes que selecionamos para aplicar na sua estratégia de venda:

 

Frete grátis

A estratégia de frete quando bem trabalhada e alinhada ao menu de fretes tem o poder de rentabilizar a operação de tal modo que o gestor consiga ter saldo para oferecer o desconto no valor do frete. Dessa forma é possível atrair o consumidor e manter um equilíbrio entre o valor do produto e da entrega.

 

Condições de pagamentos especiais

É comum em datas sazonais o varejista criar promoções que são de fato validas mediante o pagamento à vista ou no mínimo de parcelas. Esse tipo de estratégia já é esperado pelo consumidor, por isso, uma outra forma de impactá-lo no seu dia é proporcionando outras condições de pagamento, como por exemplo, o famoso pague em X dias ou o pagamento com QR Code.

 

Pontos extras em programa de fidelidade

Uma estratégia muito interessante para manter o ticket médio da empresa e ao mesmo tempo mostrar para o consumidor que você pensou no dia dele. Ofereça pontos extras no programa de fidelidade, é uma maneira de o cliente acumular pontos e trocar na próxima compra, assim você ainda o motiva a comprar novamente na sua loja.

 

Cashback

Cashback é literalmente dinheiro de volta. A estratégia funciona da seguinte forma: o e-commerce fecha uma parceria com a empresa que oferece esse serviço, em contrapartida essa empresa solicita um cadastro do consumidor e o direciona para fazer a compra normalmente na loja online. Um sistema de rastreamento identifica a compra, o e-commerce paga uma comissão para a empresa parceira, que devolve parte do dinheiro para o consumidor. Assim o e-commerce ganha novos compradores sem precisar aplicar muito esforço.

 

Seguro ou garantia estendida gratuita

Quase metade dos consumidores entrevistados na pesquisa do Google expressaram a vontade de esperar o dia do consumidor para comprar smartphones, imaginando obter condições especiais ao comprarem com seguro e/ou garantia estendida. Uma estratégia que considere esse desejo pode gerar um bom retorno para empresa, pense em limitar a oferta ou selecione clientes antigos da sua base para oferecer esse presente.

 

Como gerar reputação para sua marca?

Agora que você já tem uma ideia do que o consumidor espera do varejo no seu grande dia, vamos falar de como a sua loja pode gerar tração e boa reputação para sua marca.

Mesmo que você não consiga oferecer uma ou mais condições especiais além do próprio desconto que já é o mood da data, é possível trabalhar o relacionamento com o cliente, fortalecer a imagem da empresa, aumentar a procura e, consequentemente, a conversão.

 

Confira:

 

Entrega rápida

Há algumas modalidades de entregas rápidas que estão revolucionando a logística, como por exemplo: Same day delivery, Entrega expressa, Next Day, Lockers, Click & Collect / Pick up in store, entre outras, que podem ser fortes aliadas para atrair o consumidor, além de garantir uma boa vantagem competitiva para a empresa.

 

Promoções reais

A data ainda não emplacou completamente pelo receio que o consumidor tem das falsas promoções a exemplo do que acontece na Black Friday, por isso, defenda campanhas reais que o cliente enxergue valor e com certeza ele voltará a fazer negócio com a empresa em outras oportunidades.

 

Troca e devolução facilitada

Elimine as burocracias relacionadas a trocas e devoluções, essa ainda é uma barreira para compras realizadas online. Nesse sentido, quando o consumidor entende que ele não terá problemas para trocar ou devolver o produto, ele fica mais inclinado a comprar.

 

Atendimento impecável

O bom atendimento ainda é o principal direito do consumidor e o menos respeitado, por isso, faça dele a mensagem fundamental da sua campanha. Assim você deixa de apostar apenas nas vantagens comerciais e reforça o aspecto mais importante da era: a experiência do consumidor.

 

Mesmas condições do online no offline

O dia do consumidor tem muita relevância online, mas isso não significa que não terão consumidores preferindo fazer suas aquisições no ambiente físico, por isso, ofereça as mesmas condições da loja online na loja física. Assim você reforça ainda mais a estratégia omnichannel do seu negócio.

 

Conclusão

Esperamos que as informações deste artigo tenham sido relevantes para que você consiga pensar em formatos diferentes para agradar o cliente. O dia do consumidor é uma excelente oportunidade para o varejo pensar em abordagens mais amplas que vão além dos descontos e que ofereçam experiências carregadas de valor, afinal ter um cliente satisfeito será sem dúvidas a sua melhor estratégia de negócio.

 

E aí, já pensou no que sua marca tem para oferecer ao consumidor em seu grande dia?