[rank_math_breadcrumb]

Insights By Linx: A evolução do varejo e comportamento do consumidor 

Escrito por Linx E-millennium em
Tempo de leitura: 6 minutos

Essa semana, a Linx promoveu um evento espetacular no auditório do FIA – Instituto de Administração. Nessa ocasião única, tivemos a honra de contar com a presença inspiradora de nossos diretores, que compartilharam valiosos Insights do varejo, além de apresentar formas concretas de como podemos auxiliar a sua operação. Foi uma experiência enriquecedora que reforça nosso compromisso com o crescimento e sucesso de nossos parceiros e clientes no cenário varejista. 

 
Durante o evento, nosso diretor de serviços, Edson Reis, abordou diversas questões cruciais no contexto do varejo em operações Omni, destacando os desafios desde a chegada do pedido na plataforma até a integração entre os diversos serviços oferecidos, como gateway de frete e pagamento, conciliação bancária, entre outros. 

 
Durante o evento, uma das pautas abordadas foi a complexidade da triangulação financeira/fiscal, na qual muitas operações se deparam com a necessidade de emitir notas fiscais por um CNPJ diferente daquele do e-commerce adquirido. Além disso, a terceirização das entregas também se destacou como um ponto delicado no fluxo operacional, merecendo atenção especial por sua potencial influência no sucesso ou fracasso da operação. 

Entretanto, o que pode definir o sucesso de uma operação com o ERP?  
 

Edson destacou que alguns fatores são essenciais para garantir o sucesso da operação com um ERP. Entre eles, destacam-se a equipe, os processos eficientes e a tecnologia utilizada. Em outras palavras, é fundamental que o ERP seja flexível e totalmente adaptável. 

Mas quais são as tendências que podem mudar o jogo do Varejo?  
 
Thiago Mello, CPO e CMO da Linx, aponta que neste momento algumas tendências revolucionárias podem mudar o jogo do Varejo, como:  

  • Unified Commerce (Comércio Unificado): Nos últimos anos, o varejo tem sido impactado por diversas tendências, desde a tradicional loja física, passando pelos multicanais até o processo omnichannel. No entanto, a mais recente e promissora, é o conceito de Unified Commerce, que visa a unificação dos canais e a personalização da experiência para cada cliente. 
  • Mídia de Varejo e criadores: Você sabia que os investimentos em mídia de varejo estão previstos para alcançar US$ 60 bilhões até 2024? Essa estratégia publicitária envolve marcas anunciando seus produtos em plataformas varejistas, tanto online quanto offline, com o objetivo de monetizar o tráfego e dados, aproveitando a exposição direcionada para atender as vendas junto aos consumidores. Além disso, as mídias sociais estão em constante transformação, sendo que atualmente 98% dos consumidores planejam realizar pelo menos uma compra por meio dessas redes este ano. Essa estatística enfatiza a importância das marcas se adaptarem e explorarem efetivamente o potencial das mídias sociais como um canal estratégico para o crescimento e o engajamento com o público. 

No entanto, a pergunta que fica para nós é: Como podemos gerir uma experiência de Unified Commerce para o meu cliente? O Marketplace complementa essa fatia?  
 
Nosso diretor comercial, Rodrigo Motono, destaca que a maior parte das vendas no e-commerce ocorre nos marketplaces, apresentando um ROI ainda mais interessante e adaptado para ambas as partes. Além disso, os marketplaces oferecem oportunidades para parcerias que impulsionam o crescimento das operações, acesso a novos públicos, testes de novos produtos e estratégias, bem como melhorias significativas na logística. É importante ressaltar que os preços e a disponibilidade de inventário são fatores cruciais para o sucesso das vendas nesses ambientes. Cada plataforma de marketplace exige um fluxo logístico específico para suportar a operação. 
 
 
Com a grande evolução e comportamento do consumidor para o e-commerce, a loja física ainda pode te ajudar a vender mais?  
 
Rafael Reolon, diretor do segmento Millennium na Linx, destaca que a loja virtual tem poder de impulsionar as vendas de várias formas na loja física, como por exemplo:  
 

  • Visibilidade ampliada: Uma loja virtual oferece a possibilidade de alcançar um amplo espectro de clientes além da localização física, o que significa que mais pessoas terão conhecimento da sua marca e dos seus produtos. Isso, por sua vez, pode aumentar significativamente o tráfego em sua loja física. 
  • Marketing Digital: Por meio do e-commerce, você tem a oportunidade de implementar diversas estratégias de marketing digital, como campanhas de e-mail, anúncios nas redes sociais e otimização para mecanismos de busca (SEO). Essas táticas têm o poder de direcionar o público-alvo para sua loja física e aumentar o número de clientes que entram pela porta. 
  • Promoções e Descontos: Através da loja virtual, você pode oferecer promoções exclusivas e descontos especiais para incentivar os clientes a visitarem sua loja física, criando uma sinergia entre os dois canais de venda e podendo levar o aumento das vendas na loja física. 
  • Integração de estoques: Manter a loja física e a virtual conectadas através de um sistema de gerenciamento de estoque pode ser muito benéfico, permitindo que você atualize o inventário em tempo real, evitando a ruptura e a não entrega, além disso se um cliente visitar a loja física, procurando um produto específico que não está disponível, você pode oferecer a opção de compra online e entrega em casa. 

É fato que o mundo do varejo e o comportamento do consumidor está em constante evolução, e nós da Linx estamos prontos para acompanhar você e sua empresa nessa jornada. Se quiser saber mais informações das nossas soluções de ERP e outras, entre em contato conosco.  

Quer acessar o conteúdo completo?

Entre em contato

"*" indica campos obrigatórios

Hidden
Tem e-commerce?*
Esses dados serão utilizados nos termos do nosso Aviso de Privacidade.
Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Vendas pelo Whatsapp

Suporte
ao cliente