fbpx

Quais as principais vantagens de apostar em mobile first?

 MOBILECOMMERCE_DESTACADA (003)

 

A transformação digital causou uma grande mudança não apenas no comportamento dos consumidores, mas também na forma como as empresas passaram a ofertar seus produtos e serviços.
O e-commerce, por exemplo, tinha a preocupação de fazer um layout adaptável para grandes telas, que remetesse a uma loja de fato, e que ao navegar na loja online o consumidor tivesse facilidade para realizar suas pesquisas e, consequentemente, suas compras.
Até pouco tempo, esse pensamento predominou porque as telas menores não tinham compatibilidade para visualizar corretamente esses sites. No entanto, a popularidade do m-commerce (comércio via dispositivos moveis) trouxe à tona uma dor, até então, invisível dos consumidores: a limitação do conteúdo online quando acessado de dispositivos moveis.
Nesse sentido, surgiu o conceito mobile first sobre o qual falaremos nesse artigo.

 

O que é o conceito mobile first e qual a sua importância?

 

A ideia do mobile first, como o próprio nome já diz, quer dizer mobile primeiro, consiste em desenvolver sites e plataformas digitais considerando primeiramente os dispositivos moveis, ou seja, as empresas passam a inverter a sua linha de raciocínio, priorizando as necessidades dos usuários das pequenas telas e, a partir disso, desenvolvem para os desktops a fim de otimizar seus sites e deixá-los mais “clean”.
Esse conceito foi estabelecido pelo Diretor de Produto da Google, Luke Wroblewski no ano de 2010, e desde então tem caminhado para se tornar uma das principais estratégias de marketing e tecnologia dos últimos tempos.
Não poderia ser diferente, segundo dados da 40ª edição do relatório Webshoppers, desenvolvido pela empresa Ebit/Nielsen, só em 2019 42% dos pedidos online foram realizados por algum aparelho móvel, um crescimento de 10% em comparação ao ano passado.
Se considerarmos um crescimento de 10% ano após ano, poderemos começar a entender por que é imprescindível que as empresas passem a criar em primeiro lugar para mobile, objetivando proporcionar acesso fácil e prazeroso para os usuários de smartphone.
Os dados acima apenas nos mostram que esse mercado não pode mais ser ignorado, pois mais e mais gente continuarão comprando online. Sendo assim, não há motivos para não investir em uma versão para mobile primeiramente.

 

Algumas vantagens dessa estratégia:

 

1- Melhora a experiência do cliente
É uma forma muito efetiva de garantir a satisfação do consumidor, pois quando você cria o design do site pensando em mobile first ele consegue ter uma navegação mais agradável, sem se estressar com lentidão, falta de informação ou indisponibilidade de serviço.

2- Diminui o tempo de carregamento da página
No comércio online é fundamental que as páginas carreguem rapidamente, para uma boa performance, o ideal é que o site carregue em no máximo 3 segundos. Com o mobile first o site fica mais limpo e, portanto, mais leve ao carregar.

3- Otimiza o ranqueamento no Google
A velocidade do site é um dos fatores principais para uma boa posição no ranqueamento do Google. Dessa forma, quando sua página carrega rapidamente você já sai na frente daquelas milhares de páginas que aparecem quando você digita o nicho do seu negócio no campo de pesquisa do buscador.

4- Mais credibilidade para a marca
A credibilidade está diretamente ligada a experiência do consumidor, pois quando você desenvolve estratégias para proporcionar experiências encantadoras e diferenciadas da concorrência, consequentemente o cliente enxerga maior valor na sua marca e acaba comprando e indicando seus produtos e serviços.

 

Layout responsivo x mobile first

 

Quando falamos de mobile first é muito comum relacionarem ao layout responsivo, e embora os dois tenham ligação direta com o uso de aparelhos moveis, não se trata da mesma coisa.
Como vimos, enquanto o mobile first prioriza o desenvolvimento de sites primeiramente para smartphones e outros dispositivos moveis com telas menores, o layout responsivo elabora o design web a partir do desktop e adapta para tablet, smartphones, entre outros aparelhos.
A experiência de navegação esperada em uma plataforma de layout responsivo é que o site tenha respostas descomplicadas para os comandos recebidos, se adaptando aos diferentes tamanhos de tela automaticamente, independente de como o conteúdo seja exibido, da largura ou altura dessa tela.

Layout-Responsivo

 

Sabe a frase menos é mais? Ela cabe perfeitamente quando falamos de uma experiência proporcionada pelo conceito de mobile first, porque a principal ideia é que o usuário tenha acesso ao que é essencial, ou seja, nem todos os recursos encontrados em um site de layout responsivo estarão disponíveis nesse tipo de estratégia.

 

mobile-first-2 (002)

 

Espera, quer dizer então que o consumidor não vai poder utilizar todos os recursos do site?
Não! Quer dizer que, quando você lida com o conceito de mobile first, você otimiza o seu site, porque o espaço reduzido te obriga a se concentrar nas informações que realmente importam, garantindo que você não coloque elementos desnecessários que sobrecarreguem o site e prejudique a fluidez das páginas.

 

Para onde estamos indo: mobile only

 

Com todos os avanços tecnológicos e o crescimento do número de smartphone presente no mundo, parece irrisório falar que o m-commerce precisa de atenção maior e estratégias próprias para que a jornada de compra do cliente seja concluída sem interferências, principalmente quando o mercado já tem começado a falar sobre mobile only.
Mobile only consiste em ter como base pessoas que somente usam dispositivos moveis, como smartphones e tablets, para acessar a internet e realizar suas transações online, ou seja, a preocupação nesse conceito está totalmente relacionada a criar estratégias de negócios feitas exclusivamente para o mobile, visando como resultado uma jornada de compra mais completa e satisfatória para o consumidor.

 

Conclusão

 

Com base no cenário atual, é importante que as empresas parem de pensar apenas no layout responsivo e comece a desenvolver primeiro conteúdos para o mobile, a fim de atender a demanda cada vez mais crescente de consumidores que usam apenas o smartphone para fazer compras.
O conceito mobile first nunca fez tanto sentido, visto que, além de garantir a criação de sites melhores para os aparelhos moveis, ainda proporciona um design web otimizado, priorizando as necessidades reais dos usuários.

 

Autora: Joyce Alcântara.