fbpx

Varejo: 8 KPIs para prestar atenção agora mesmo

Varejo: 8 KPIs para prestar atenção agora mesmo

 

KPIs
KPIs

É correto afirmar que aquilo que não é mensurado não pode ser melhorado. É sob essa premissa que os resultados do varejo são ou deveriam ser acompanhados diariamente a fim de evitar discrepâncias que coloquem o varejista em um cenário muito distante do seu objetivo.

Esses resultados são medidos por alguns conceitos que identificam se os objetivos definidos pela empresa estão sendo cumpridos ou não. Entre tantos conceitos temos a de KPI que é a sigla em inglês para Key Performance Indicator ou os famosos indicadores chave de desempenho, como é mais conhecido.

O KPI tem o objetivo de acompanhar, mensurar e alertar como está o desempenho dos processos da empresa, para que o gestor possa conduzir a tomada de decisão de maneira assertiva e garantir o sucesso da organização.

Mas, afinal, quais os indicadores que o varejo precisa ficar de olho? Nesse artigo enumeramos oito KPIs para o varejista prestar mais atenção agora mesmo.

Quer saber mais? Continue sua leitura!

 

O que é KPI?

KPI é uma métrica que mensura a eficácia com a qual a empresa está alcançando as metas e objetivos propostos por ela, para atingir o sucesso dos negócios. Esse conceito é utilizado pelos gestores para avaliar os indicadores de cada setor e, por meio das informações obtidas, criar ações que possibilitem manter os processos descomplicados e fluidos.

É também por meio de KPIs que todos os colaboradores passam a conhecer os objetivos da empresa, alinhando as suas respectivas metas, para somar esforços e aplicá-los em uma estratégia macro da organização.

Atualmente existem muitos tipos de KPIs que o gestor pode escolher para mensurar os resultados da empresa, entre eles KPIs: financeiro, comercial, econômico, logístico, produção, qualitativos e outros. No entanto, essa escolha está ligada diretamente a relevância que o indicador tem para o tipo de negócio que a empresa exerce.

Tratando-se do varejo, nós enumeramos abaixo 8 importantes indicadores para prestar mais atenção, confira:

 

 

  • Tráfico de clientes

Esse indicador é interessante para entender a quantidade de pessoas que visitam a loja por hora, dia, mês e ano, e dessa forma poder analisar os dados e compará-los com outros períodos, para identificar novas estratégias de atração.

 

  • Taxa de conversão

Esse KPI é um dos principais aliados do gestor, pois permite mensurar a eficácia das estratégias empresariais. A taxa de conversão é calculada dividindo as vendas pelo total de visitas obtidas no site.

 

  • Ticket médio

O indicador de ticket médio garante clareza dos valores que entraram através de compras efetuadas por cada cliente, por isso, ele possibilita que o gestor e/ou empreendedor planeje as vendas de uma forma mais eficiente, podendo desenvolver estratégias para aumentar o ticket médio de um cliente com base nos dados apresentados da maioria.

 

  • Os produtos mais vendidos

Esse indicador é o que permite que o empreendedor conheça melhor cada cliente, seus gostos e preferências, e assim crie estratégias personalizadas para atrair e fidelizar cada um deles.

 

  • Nível de engajamento

Por esse indicador é possível acompanhar o quão interessado nos negócios da empresa os clientes estão, com ele o gestor é capaz de identificar     quanto tempo em média cada consumidor permanece na loja.

 

  • Porcentagem de compra

Esse KPI possibilita identificar quantas pessoas passaram na loja e, dessas pessoas, quantas compraram os produtos. Excelente para identificar se a loja está atrativa e se o preço dos produtos está fisgando o consumidor.

 

  • Taxa de abandono de carrinho

Esse indicador é bastante interessante para que o empreendedor possa mapear sua gestão de frete e estoque, por exemplo. Se a taxa está alta é preciso identificar se é uma questão relacionada ao valor cobrado pelo frete ou se o produto esgotou antes do cliente concluir a compra.

 

  • Indicador de reprovação de análise de risco / antifraude

Esse indicador aponta a taxa de porcentagem de pedidos que foram negados por suspeita de fraude. Por esse KPI é possível identificar quantas tentativas de fraude o site teve x quantos pedidos foram aprovados.

 

Soluções que oferecem ferramentas de KPI

No mercado o gestor ou empreendedor consegue encontrar muitas soluções que oferecem ferramentas que aplicam o conceito de KPI, mas é preciso cuidado ao realizar a escolha da solução, principalmente se ela performa apenas com o básico.

Um sistema apropriado para auxiliar o empreendedor a definir os KPIs necessários para a vitalidade do seu negócio, precisa oferecer, além das tradicionais métricas financeiras, o controle de ocorrência dos processos para que o usuário tenha visões distintas com gráficos, tabelas e mapas. Dessa forma, o gestor dispõe de um verdadeiro portal de indicadores, potencializando ainda mais a tomada de decisão.

Nesse sentido, uma boa solução não vai apenas oferecer uma dashboard com KPIs básicos para que o empreendedor acesse em um primeiro momento informações de quanto vendeu naquele dia, por exemplo, ela vai possibilitar um cenário, no qual o usuário poderá personalizar a sua dashboard com indicadores de financeiro, estoque, fiscal, comercial, entre outros que ele achar necessário ter maior controle e atenção.

 

Conclusão

Os KPIs são indispensáveis para uma gestão mais estratégica de qualquer que seja o tipo de negócio, por isso, o gestor ou empreendedor deve pensar nele como um mapa que, se definido e interpretado corretamente, garantirá um desempenho mais assertivos dos processos, além é claro de proporcionar dados valorosos para uma tomada de decisão mais inteligente.

 

E aí você já usa alguns dos indicadores que comentamos? Não tem nenhum definido e quer mais informações? Temos um time especialista para te ajudar, clique aqui e saiba mais.