fbpx

Vídeos para e-commerce: você já considerou todas as possibilidades desse recurso para os negócios?

videos-no-ecommerce-post

 

O que você avalia quando está comprando online? Alguns fatores são determinantes, como por exemplo, ter no site a descrição completa de todas as especificações dos produtos, fotos detalhadas e com boa qualidade e, comentários positivos de outros consumidores que compraram o item.
Vamos imaginar que você está em busca de um smartphone e ao pesquisar as lojas online você se depara com uma que atende as especificações que mencionamos acima, e uma outra que além de atender todas as elas, ainda disponibiliza um vídeo mostrando como o smartphone funciona, captando a tela, iluminação, câmera, conectividade, entre outras características do aparelho, ambos com o mesmo preço. Imaginou? Você optaria por comprar em qual loja?
A loja virtual que entregar informações mais completas ao consumidor tem chances maiores de converter vendas. Para provar o que estamos falando, dá uma olhada nos dados da pesquisa feita pela empresa de consultoria Provokers e que foi divulgada pelo YouTube:

 

• 19 horas semanais – Consumo médio de vídeos online no país
• 24,8 horas semanais – Consumo médio de programação via TV no país

 

Perceba que a visualização de conteúdos por vídeo está apenas atrás da programação via TV, ou seja, é um fenômeno que supera até a própria Netflix.
A mesma pesquisa aponta ainda um crescimento na visualização de vídeo de 135% desde o ano 2014 e a tendência é que esse número aumente exponencialmente nos próximos anos.
Com base nessas informações, podemos perceber o quão importante será esse recurso visual para alavancar as vendas no comércio eletrônico.
Quer saber como usar vídeos da sua loja online? Então, vem comigo que vou falar um pouco mais sobre os benefícios dessa prática e como você pode utilizá-la no seu e-commerce.

 

Por que usar vídeos no seu e-commerce?

O recurso alavancou de tal forma que, ao perceber essa tendência de consumo, a Google comprou em 2006 o YouTube a maior plataforma de compartilhamento de vídeos por nada mais e nada menos que US $ 1,65 bilhão. A aquisição da Google não é a única relevante para entendermos a importância dessa estratégia para os negócios, o Facebook, por exemplo, comprou o Instagram, e logo adaptou os famosos “stories” para os usuários da sua rede, e mais recentemente criou o IGTV. Essas ferramentas são amplamente utilizadas pelos varejistas online.

“Na imagem era diferente”: Qual varejista online nunca ouviu esse feedback, não é mesmo?
Os vídeos são indispensáveis para diminuir essa sensação, pois trazem uma percepção mais completa do produto, mas essa não é a única vantagem dessa estratégia, por isso, confira agora outros benefícios que o uso de vídeos pode trazer para o seu e-commerce:

 

1- Engajamento
O consumidor começa a ver o vídeo antes mesmo de qualquer outra informação contida no site, por esse motivo, aproveite bem essa estratégia, pois ela é sem dúvida engajadora para a marca.
Uma excelente dica para melhorar o engajamento é divulgar alguns vídeos nas redes sociais de forma segmentada para o seu tipo de público-alvo, pois assim as chances de conhecerem sua marca aumenta e você não fica à mercê apenas do investimento no Google.

 

2- Conversão
No exemplo que usamos no começo desse artigo comparando duas lojas em que, a única característica que as difere é a utilização de vídeos na plataforma de e-commerce. As possibilidades de conversão para a loja que oferece esse diferencial são infinitamente maiores, isso porque as pessoas em sua maioria preferem “assistir” a “ler”, pois o detalhamento e precisão que o vídeo traz dos produtos facilitam a tomada de decisão de compra.
Um dos clientes do e-Millennium, Cirilo Cabos, alavancou as vendas quando começou a usar os vídeos como um diferencial competitivo.

 

Confira:

 

 

3- Otimização de SEO
O posicionamento da sua loja no Google vai depender muito da sua estratégia de SEO (conjunto de técnicas com objetivo de melhorar o posicionamento dos sites nas páginas de resultados orgânicos do Google). Como você inseriu o vídeo postado no YouTube em seu e-commerce, o Google aumenta sua relevância nas pesquisas, melhorando o posicionamento da sua loja.

 

4- Potencializa o tempo de acesso
O tempo de acesso tem relação com a consistência dos conteúdos que você apresenta nos seus vídeos e, consequentemente, o engajamento que você gera, ou seja, quanto mais engajado com a marca o consumidor estiver, mais tempo ele passa dentro do seu site e maior são as chances de converter vendas.

 

5- ROI (Retorno sobre investimento)

Se você está imaginando que não vale a pena investir nesse recurso porque gera muitos gastos, é bom ressaltar que há diversas estruturas e preços diferentes de vídeos no mercado, além disso, você também pode começar criando o seu próprio conteúdo e conforme o retorno for positivo você vai profissionalizando.
A boa notícia é que o uso de vídeos para e-commerce possui um dos melhores ROI para a empresa, mas é claro que esse resultado vai depender da qualidade, constância e engajamento que o seu conteúdo gera.

Dicas para criar vídeos atraentes para sua loja virtual
Aos poucos você vai realizando adaptações e modificando o roteiro para atender as reais necessidades do seu público-alvo e tornar o seu conteúdo mais valioso e, para te ajudar nessa missão vamos contar algumas dicas:

 

A- Crie uma conta no YouTube e publique seus conteúdos dentro do seu canal, facilita no momento de subir no seu site, não sobrecarrega seu provedor e é mais relevante para critérios de SEO para o Google.

 

B- Entenda os formatos relevantes para o seu tipo de negócio, há pelo menos 4 modelos que são indispensáveis para garantir a audiência do seu público:

 

1- Reviews – esse conteúdo tem o objetivo analisar criticamente determinado produto.

Confira abaixo um exemplo desse formato de vídeo:

 

 

2- Comparação – o objetivo desse tipo de vídeo é comparar produtos a fim de entender qual é o melhor.

 

Confira abaixo um exemplo desse formato de vídeo:

 

 

3- Dicas e Tutoriais – esse tipo de vídeo tem o objetivo de dar dicas para amenizar alguma dor do consumidor ou ensinar a fazer algo.

 

Confira abaixo um exemplo desse formato de vídeo:

 

 

4- Depoimento de clientes – esse conteúdo também é conhecido como case de sucesso, é mais institucional e tem o objetivo de mostrar a opinião de algum cliente a respeito da sua marca.

 

Confira abaixo um exemplo desse formato de vídeo:

 

 

C- Não fale preço em seus vídeos, pois você entrega a informação antes mesmo do consumidor criar maior pelo produto do vídeo.

 

D- Cuidado com conteúdos longos demais, eles cansam o consumidor. Vídeos com no mínimo 2 minutos e no máximo 10 minutos são mais comuns.

 

E- Preze pela qualidade da imagem e do som do seu vídeo, conteúdos com resolução baixa e áudio comprometido geram desinteresse para a sua audiência.

 

F- Cuidado com os efeitos muito exagerados, pois eles podem trazer uma sensação de poluição visual.

 

G- Abuse dos Cards interativos do YouTube. Aproveite que você tem a atenção do seu público e faça com que ele realize ações, por exemplo: “aproveite para conferir essa promoção que está rolando na sessão de cama, mesa e banho em nosso site”.

 

H- Compartilhe em todas as suas redes sociais para potencializar as chances da sua marca ser notada.

 

Conclusão

As pessoas estão cada vez mais consumindo conteúdos online justamente para poder efetuar as suas compras com mais segurança sem correr o risco de se arrepender ou precisar devolver o produto por algum problema.

Contar apenas com a exposição do produto na plataforma com fotos e descrição não garante a venda, mas o uso do vídeo melhora a consistência das informações apresentadas, proporcionando para o consumidor a experiência de sentir como se estivesse no ambiente físico “tocando no item”, o que aumenta as chances de vender.

Depois de absorver todas as informações que apresentamos nesse artigo, você ainda acha que não precisa apostar no uso de vídeos para o seu e-commerce?

Percebe como uma coisa leva a outra e como elas se complementam? Por isso é tão importante entender o comportamento do consumidor dentro do seu site, para desenvolver uma estratégia que seja de fato assertiva.

 

Autora: Joyce Alcântara.

e-Book: A IMPORTÂNCIA DE PLANEJAR E GERIR O FLUXO DE PEDIDO DE VENDA NO E-COMMERCE

O fluxo do pedido de venda é um dos assuntos mais abordados ao longo dos anos por ser estratégico para as empresas, afinal de contas esse fluxo influencia diretamente na qualidade do atendimento, entrega dentro ou fora do prazo, velocidade da operação, poder de escala (crescimento), assertividade da entrega e é um dos principais responsáveis por aumentar ou diminuir a lucratividade de acordo com sua eficiência.
Nesse e-book mostraremos como os fluxos de pedidos de venda são controlados através de sistemas ERP e que se vê com certa frequência, é que apesar das lojas se preocuparem com esse fluxo há muitas exceções nas operações e por isso é fundamental que esses fluxos sejam os mais dinâmicos possíveis.

Baixar agora!