Inteligência Artificial

Inteligência Artificial

inteligencia-artificial-post

 

O primeiro contato que tivemos com a inteligência artificial foi através dos filmes de ficção, mas hoje ela faz parte da nossa rotina. Não exatamente como nos filmes, não nos deparamos com robôs andando livremente pelas ruas e agindo como humanos, pelo menos, não ainda.

A inteligência artificial tem um papel importante no nosso dia a dia, seja ao responder um e-mail, fazer uma pesquisa no smarthphone usando a Siri ou o Google Voice, analisando dados, respondendo a dúvida de um cliente através de um bot, realizando alguma transação bancária com atendente virtual, entre outras atividades.

Pensando nisso, a ideia desse artigo é explicar o que é inteligência artificial, sua aplicabilidade em diferentes setores e negócios e, também no nosso cotidiano.

Então, se você quer entender o que de fato é a inteligência artificial, como ela surgiu e acabou se tornando essencial nas nossas atividades diárias, continue sua leitura.

 

O que é AI?

 

Inteligência artificial ou AI (artificial intelligence) é uma área da ciência da computação na qual softwares e outros mecanismos são elaborados para simularem emoções humanas, tais como: tomada de decisão, capacidade de raciocinar, percepção, propor soluções e agir de forma inteligente.

O começo da AI foi entre os anos 1940 e 1959 quando Marvin Minsky, também conhecido como o pai da inteligência artificial, juntamente com John McCarthy, fundou o Laboratório de Inteligência Artificial no Instituto de Tecnologia de Massashussetes, o famoso MIT.

Marvin acreditava que o aprendizado humano não se diferenciava do robótico, por isso, começou a explorar em parceria com John, a possibilidade de desenvolver um computador inteligente. Porém, o que conhecemos hoje como AI foi apresentado por McCarthy em uma conferência na faculdade de Dartmouth, no estado de New Hampshire, nessa conferência McCarthy apresentou o conceito, que mais tarde foi desenvolvendo junto com o matemático Alan Turing.

A inteligência artificial funciona mediante o uso de algoritmos que analisam dados e com base neles conseguem raciocinar e resolver os “problemas”.

Recomendamos o artigo: Machine Learning – o novo capítulo da inteligência artificial, para entender mais sobre uso de algoritmos.

E como podemos aplicar a AI nas tarefas do dia a dia? Esse é o assunto que trataremos a seguir.

 

Aplicabilidade da AI

A inteligência artificial é a evolução tecnológica mais poderosa da área da ciência da computação, pois além de permitir que os gestores tomem decisões mais inteligentes, ainda facilita processos em diferentes ambientes corporativos.

 

Indústrias: já tem um bom tempo que a AI é aplicada na robotização das fábricas, mas agora ela é capaz de prever erros, tomar decisões e solucionar problemas, diminuindo erros e agregando mais eficiência aos processos.

 

Hospitais: o Watson, um supercomputador da IBM é utilizado em hospitais para tratamento de câncer. O processo consiste na análise de dados e imagens de todos os pacientes para indicar tratamentos diferenciados para cada caso.

 

Educação: a inteligência artificial tem seu papel na educação por meio das plataformas adaptativas, nas quais o aluno recebe dicas com a melhor maneira para aprender determinado conteúdo, além de permitir que o professor acompanhe o desempenho do aluno e proponha outros conteúdos que agreguem mais conhecimento.

 

Varejo: a aplicação de AI nesse segmento ajuda o lojista a identificar o perfil do cliente e com base nessa análise, criar ofertas e campanhas personalizadas. Outra tendência é a utilização da inteligência artificial para sugestão de looks, o cliente envia a foto de uma roupa que comprou e por meio de um bot recebe sugestões para combinar a peça.

 

Carros: veículos autônomos já circulam por aí, mas esse fato tem causado um enorme dilema. Devido aos acidentes envolvendo feridos e vítimas fatais a utilização da AI para esse tipo de atividade vem sendo questionada.

 

Bancos: para melhorar o atendimento ao cliente, os bancos estão lançando suas próprias atendentes virtuais. Recentemente o Bradesco lançou a BIA, para responder dúvidas e realizar serviços bancários.

 

Sistemas ERP: pelo menos, três tecnologias derivadas da AI influenciará significativamente os sistemas de gestão, são elas: automação cognitiva, automação inteligente e visão computacional. A integração entre AI e ERP proporcionará ampliação das visões estratégicas e garantirá aumento dos benefícios, minimizando ainda mais os erros.

 

 

Aplicação no cotidiano

 

Facebook: umas das aplicações de inteligência artificial no Facebook é por meio do reconhecimento facial, no qual um algoritmo identifica a pessoa da foto e sugere a marcação do perfil.

 

E-mails: reconhecimento de spam, possibilita que o usuário não receba e-mails que não são do seu interesse.

 

TV: serviços de recomendação de filmes e séries, como os que a Netflix faz são exemplos da aplicação da inteligência artificial.

 

Smartphones: assistentes virtuais famosos como a Siri ou Google Voice são utilizados diariamente por milhares de pessoas ao redor do mundo. Esses dispositivos compreendem a fala humana e interagem com as solicitações feitas pelos usuários dos celulares.

 

As possibilidades de utilização da AI são infinitas, desde que surgiu vem se adaptando a todos os cenários e modelos de negócios e garantindo benefícios como: aumento da eficiência operacional, otimização de estoque, logística, segurança e custos.

 

Confira algumas curiosidades sobre AI:

 

- O prêmio Turing Award é uma homenagem ao matemático, Alan Turing. Ele é considerado o “prêmio Nobel da computação”.

- Machine Learning não é a mesma coisa que inteligência artificial, na realidade ela é outra vertente da AI.

- Dizem que a AI vai, futuramente, substituir humanos em seus empregos.

- A inteligência artificial já é usada para escrever livros, avaliar restaurantes, editar vídeos esportivos, identificar tatuagens e mais.

- Já podem ser confundidos com humanos, um exemplo: Sophia Robot – o primeiro robô a receber cidadania no mundo.

- A inteligência artificial é aliada da internet das coisas (IOT).

 

Conclusão

 

Com esse dinamismo gerado pela utilização da AI, fica claro que ela chegou para ficar e continuará evoluindo e se adaptando a todos os ambientes organizacionais e consequentemente os ambientes externos também.

A faceta multifuncional dessa área da ciência da computação possui total influência sobre nossas vidas e, por isso, gera preocupação quanto ao que será possível fazer, futuramente, utilizando os benefícios da inteligência artificial.

Para as empresas que ainda não fazem uso de sistemas integrados a inteligência artificial ou qualquer outro mecanismo, preparem-se para adaptar seus processos e, para as empresas que já estão inseridas nesse universo, preparem-se para um futuro cheio de potencial estratégico para os negócios.

 

Autor: Joyce Alcântara.

 

 

e-Books e-Millennium: Vários temas que vão fazer a diferença na sua operação.

Melhores práticas de varejo na área de compras, gestão e fluxo de pedido, formação do preço de venda, partilha do ICMS (DIFAL), rentabilidade e Omnichannel.
Baixar agora!